COLEÇÃO MESTRES DO BLUES

- Não haverá postagens o tempo todo, serão feitas na medida do possível.

- O blog é contra a pirataria, todos os links são tirados da internet. Gostou do álbum? Se possível , compre!

- Atenção: não peça sertanejo, pagode, hip hop, etc...a minha inteligência agradece.

- Aproveite para deixar seu comentário e caso tenha alguma sugestão de álbum ou artista terei o enorme prazer em pesquisar e postar.







Total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Spirit


Spirit, foi um grupo de hard/rock psicodélico americano formado em 1967, em Los Angeles, Califórnia. A banda foi liderada pelo guitarrista Randy California.
A formação original do grupo evoluiu de uma banda de Los Angeles, a Red Roosters, que incluía Randy California (guitarras, vocais), Mark Andes (baixo) e Jay Ferguson (vocais, percussão). Em seguida veio Ed Cassidy, na bateria e o tecladista John Locke. Com a nova formação a banda foi originalmente chamada de Spirits Rebellious, mas o nome foi abreviado para Spirit. Antes de retornar ao seu estado natal, Randy tocou anteriormente com Jimi Hendrix como membro da "Jimmy James and the Blue Flames" no Greenwich Village, Nova York em 1966. Hendrix deu a Randy o apelido de "Randy California" para distingui-lo de Randy Palmer, a quem Hendrix chamou de "Randy Texas".
O primeiro álbum do grupo foi lançado em 1968, o álbum foi um sucesso. O álbum teve influências do jazz e usou arranjos elaborados de cordas (não encontradas em suas gravações subsequentes) e é o mais abertamente psicodélico de seus álbuns.
A banda lançou em 1968 seu segundo álbum, The Family That Plays Together e no fim do mesmo ano eles apareceram no Denver Auditorium, como banda de apoio da "Led Zeppelin". O Spirit também apareceu com a Led Zeppelin em dois festivais de música ao ar livre em julho de 1969. O uso de um "theremin" por Jimmy Page foi atribuído ao fato de ele ter visto Randy California usar um que ele havia montado em seu amplificador.
Após o sucesso de seus primeiros discos, o diretor de cinema francês Jacques Demy pediu ao grupo que gravasse a trilha sonora de seu filme Model Shop, onde também fizeram uma breve aparição no filme. 
Depois que o grupo realizou uma turnê promocional para apoiar o álbum Twelve Dreams of Dr. Sardonicus, Ferguson e Andes deixaram o grupo, formando a Jo Jo Gunne.
Randy Califórnia os acusou de conspirar para assumir o grupo. O show final com o Spirit ocorreu em 30 de janeiro de 1971, que quase terminou com uma briga.
O baixista John Arliss assumiu o lugar de Andes. Randy ainda estava na formação, mas ele sofreu um ferimento na cabeça devido a um acidente de cavalo e não pôde fazer a turnê. O baixista Al Staehely foi recrutado por Locke e Cassidy, e eles fizeram uma breve turnê antes de decidir que tinham que adicionar um guitarrista para fazer justiça à música. O irmão de Al, John Christian (Chris) Staehely, fez um teste para a banda e foi rapidamente contratado e gravaram o álbum Feedback de 1972.
Apos a turnê do álbum, Cassidy e Locke deixaram a banda, então os irmãos Staehely recrutaram Stu Perry para tocar bateria. Apesar da turnê ter sido bem recebida pela crítica, o Spirit se desfez em meados de 1973.
Enquanto isso, Randy Califórnia havia gravado e lançado seu primeiro álbum solo, no final de 1972. Depois de lançar uma breve turnê para promover seus albuns, Randy lançou um novo trabalho que foi gravado com Cassidy. Embora Locke tenha aparecido como convidado, não era um álbum da Spirit na época.
Apos um pequeno hiato, Cassidy decidiu montar um grupo totalmente novo para fins de turnê, que durou o ano todo.
Em 1974, Cassidy fez questão de encontrar e restabelecer contato com Randy. Ele finalmente convenceu Randy a voltar e dar à banda outra chance.
Após alguns álbuns e indas e vindas de integrantes, a Spirit se desfez e Randy reuniu outro grupo com a intenção de reiniciar sua carreira solo.
Em dezembro de 1982, a formação original do Spirit retornou e gravou várias músicas de seus quatro primeiros álbuns (além de algumas novas faixas) ao vivo no palco.
Em 1988 eles gravaram um álbum intitulado Rapture in the Chambers. Embora o grupo tenha excursionado extensivamente em apoio, o álbum não conseguiu devolvê-los às paradas.
A Spirit continuou trabalhando quase continuamente pelos próximos anos. Embora eles lançassem muito poucos álbuns de material novo durante a década, o grupo estava sempre gravando ou fazendo turnês.
Randy tinha seu próprio estúdio de gravação em casa desde o início dos anos 1980, embora ele estivesse gravando em casa há anos antes disso. Isso terminou em 2 de janeiro de 1997, quando Randy se afogou na costa do Havaí. Ele estava surfando com o filho, que foi pego em uma correnteza. Ele conseguiu empurrar seu filho para a segurança, mas acabou perdendo a própria vida.
Embora Cassidy tenha tocado algumas shows com alguns ex-integrantes do Spirit sob o nome "Spirit Revisited" em 1998, a morte de Randy foi efetivamente o fim do grupo.
A morte de Randy, no entanto, não marcou o fim do material do grupo. A partir de 2000, havia cinco coleções de estúdio e material ao vivo inéditos, quatro dos quais eram conjuntos de dois CDs. 
Fonte: Wikipedia (em inglês)

SPIRIT



THE FAMILY THAT PLAYS TOGETHER



CLEAR



TWELVE DREAMS OF DR. SARDONICUS



 FEEDBACK



SPIRIT OF '76



SON OF SPIRIT & FARTHER ALONG



FUTURE GAMES A MAGICAL KAHAUNA DREAM



THE ADVENTURES OF KAPTAIN KOPTER & COMMANDER CASSIDY IN POTATO LAND



THE THIRTEENTH DREAM



RAPTURE IN THE CHAMBERS



TENT OF MIRACLES



CALIFORNIA BLUES



LIVE AT THE RAINBOW



TEXAS INTERNATIONAL POP FESTIVAL



MODEL SHOP (SOUNDTRACK)


3 comentários: