COLEÇÃO MESTRES DO BLUES

- Não haverá postagens o tempo todo, serão feitas na medida do possível.

- O blog é contra a pirataria, todos os links são tirados da internet. Gostou do álbum? Se possível , compre!

- Atenção: não peça sertanejo, pagode, hip hop, etc...a minha inteligência agradece.

- Aproveite para deixar seu comentário e caso tenha alguma sugestão de álbum ou artista terei o enorme prazer em pesquisar e postar.







Total de visualizações de página

segunda-feira, 18 de março de 2019

The Young Rascals


The Rascals, (inicialmente conhecido como The Young Rascals ) foi uma banda de rock americana, formada em 1965 e era constituida por Eddie Brigati (vocal), Felix Cavaliere (teclado, vocal), Gene Cornish (guitarra) e Dino Danelli (bateria).
Quando a Atlantic Records assinou com a banda eles descobriram que outro grupo usava tambem o nome "The Rascals". Para evitar conflitos, os gerentes Sid Bernstein e Billy (Amato) Smith decidiram renomear o grupo para "The Young Rascals".
A banda foi excepcionalmente popular no Canadá, onde "A Girl Like You", e "A Beautiful Morning" alcançou o 1º lugar. Mas não obtiveram o mesmo sucesso no Reino Unido, onde eles só alcançaram o top 75, com "Groovin '" em 8º  e "A Girl Like You" em 35º. A banda se anunciaria como The Young Rascals pela última vez com o single "It's Wonderful", a partir de 1968 eles foram chamados simplesmente "The Rascals".
Brigati deixou o grupo em 1970, seguido por Cornish em 1971. Após o lançamento do album "Search and Nearness",  a banda assinou contrato com a  Columbia Records em meados de 1971.
O grupo passou a ter uma  influencia mais acentuada de jazz e gospel nos próximos dois álbuns, "Peaceful World" e "The Island Of Real" usando Robert Popwell e Buzzy Feiten no baixo e guitarra respectivamente, e novas cantoras Annie Sutton e Molly Holt. Esses álbuns não venderam tão bem quanto o trabalho anterior. No final de 1971, Danny Weis entrou como substituto de Feiten na guitarra. Feiten, em seguida, novamente substituiu Weis antes do grupo se desfazer.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

THE YOUNG RASCALS



COLLECTIONS



GROOVIN'



ONCE UPON A DREAM



FREEDOM SUITE



SEE



SEARCH AND NEARNESS



PEACEFUL WORLD



THE ISLAND OF REAL


domingo, 3 de março de 2019

Bacon Fat


Bacon Fat, foi uma banda de blues americana formada em 1968. A banda era formada por George "Harmonica" Smith, considerado um dos mestres da gaita nos anos 60, e Rod Piazza, também gaitista e vocalista. Os outros músicos que fizeram parte desta parceria foram Buddy Reed, vocalista e guitarrista, Dick Inners Jr., baterista, Gregg Shaefer, guitarrista, Jerry Smith, baixista, e J.D. Nicholson, tecladista.A banda teve uma vida curta, de 1968 até 1971.

GREASE ONE FOR ME



TOUGH DUDE



THE COMPLETE BLUE HORIZON SESSIONS


domingo, 24 de fevereiro de 2019

Flied Egg

Flied Egg, foi uma banda japonesa de rock formada no inicio dos anos 70. Era formada por Hiro Tsunoda (vocal,bateria, percussão), Shigeru Narumo (guitarra, vocal, teclado) e Masayoshi Takanaka (baixo).
Eles gravaram 2 álbuns que apresentam um estilo completamente diferente. Seu primeiro álbum gravado em 1972, é um disco pesado de rock muito semelhante ao do Uriah Heep. 
O segundo álbum, também gravado em 1972, é uma história bastante diferente. A maior parte do álbum foi gravada ao vivo sem teclados (tecladista e guitarrista é o mesmo cara, então seria impossível ter os dois ao mesmo tempo). O som é muito áspero/cru e pesado orientado para o blues.
No ano seguinte a banda acabou.

DR. SIEGEL'S FRIED EGG SHOOTING MACHINE/GOOD BYE


domingo, 17 de fevereiro de 2019

Pax

Pax, é uma banda de hard rock peruana formada no final de 1969. Liderada desde o seu início pelo guitarrista Pico Ego Aguirre, a banda é precursora do Hard Rock na América Latina.
No final de 1969, após a separação do grupo "Los Nuevos Shain", Pico decidiu formar uma banda de acordo com os sons que na época tinham seu ápice como The Jimi Hendrix Experience, Deep Purple e Cream.
Em 1971, ao mesmo tempo que as primeiras produções do Black Sabbath e Deep Purple faziam sucesso, a banda lançou seu LP que atualmente é considerado uma jóia do rock peruano e latino-americano.
Embora na época a banda fosse muito procurada para shows na Argentina e na Espanha, a desorganização e a falta de gestão profissional do grupo impossibilitaram a saída do país.
Depois da ditadura militar de Juan Velasco Alvarado no Peru a banda se dissolveu e depois se reagrupou nos anos 80. Depois de outra pausa a banda retornou e em 2008 fez uma apresentação com a Deep Purple no Estádio Nacional do Peru.
Fonte: Wikipedia (em espanhol)

MAY GOD AND YOUR WILL LAND YOU AND...


domingo, 10 de fevereiro de 2019

Eire Apparent

Eire Apparent, foi uma banda de rock da Irlanda do Norte, conhecida por lançar as carreiras de Henry McCullough e Ernie Graham, e por ter Jimi Hendrix tocando e produzindo seu único álbum.
As origens do grupo remontam à banda Tony & The Telstars do início dos anos 60, que contou com o guitarrista Rod Demick, o baterista Davy Lutton, o vocalista e guitarrista George O'Hara e o baixista Chris Stewart.
Em 1965, Demick e Stewart saíram da banda, suas substituições incluíam o guitarrista David "Tiger" Taylor e o baixista Mike Niblett, alem de Ernie Graham na guitarra base e backing vocals.
Em meados de 1966, com o nome de "The People" a banda se mudou para a Inglaterra. Apos algumas alterações no line-up, o guitarrista Henry McCullough uniu-se ao grupo no início de 1967.
No mesmo ano assinaram com Chas Chandler e Mike Jeffery, que mudaram o nome da banda para "Eire Apparent", Jeffery queria explorar a dimensão irlandesa e sua esposa inventou o novo nome.
A banda logo assinou com a Track Records (que também trabalhava com Jimi Hendrix) e gravaram um single, "Follow Me"/"Here I Go Again", lançado em janeiro de 1968, antes de deixarem a gravadora.
Chandler e Jeffery os enviaram em turnê para a América do Norte junto com a "The Animals" entre fevereiro e março de 1968. As coisas correram bem até que, em Vancouver, Canadá, em meados de fevereiro, McCullough foi preso por posse de maconha e enviado de volta para a Irlanda, então o guitarrista Mick Cox voou para tomar seu lugar na banda.
A nova formação continuou a percorrer a América do Norte com a "Jimi Hendrix Experience" e a "Soft Machine", e realizou sessões de gravação no estúdio Record Plant de Nova York junto com Hendrix. O álbum "Sunrise" foi finalizado no final de outubro de 1968 em Los Angeles, com Jimi Hendrix produzindo.
Jimi Hendrix também tocou em várias faixas (incluindo "Yes I Need Someone" e "The Clown"), enquanto Noel Redding , Mitch Mitchell e Robert Wyatt também são creditados.
O álbum foi lançado pela Buddah Records em maio de 1969. Cox foi substituído pelo guitarrista David "Tiger" Taylor em novembro de 1968, logo após o álbum ser gravado. Taylor já havia sido um membro do "The People" durante 1965, e ele co-escreveu seu single "Rock 'N' Roll Band" gravado em Londres em janeiro de 1969, novamente com Jimi Hendrix. Esta formação de Taylor, Graham, Stewart e Lutton, em seguida, excursionou pela Europa juntamente com Hendrix.
Em maio de 1969, a Beat Instrumental informou que eles estavam gravando faixas para um segundo álbum da banda (supostamente produzido pelo baterista da Soft Machine, Robert Wyatt), mas ele nunca viu a luz do dia. Em maio de 1970, dificilmente notado pelo público, a banda se separou.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

SUNRISE


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Majority One

Majority One, foi um conjunto inglês fundado em 1964. A banda fazia um rock pop psicodélico bem melódico e era formado por: Barry Graham (vocal), Roger France (guitarra solo), Rob Long (guitarra base), Ken Smith (baixo) e Don Lill (bateria).
No inicio a banda se chamava "The Mustangs" depois mudaram-se para Londres onde lançaram oito singles entre 1965 e 1968.
Depois de muita rotatividade de pessoal e um período de apoio do cantor britânico Barry Ryan, o grupo se mudou para a França e lançou um single (Charlotte Rose) já com o nome alterado para "Majority".
Em 1970, ainda com sede na França, eles mudaram seu nome para "Majority One", emitindo alguns singles entre 1970/71 e um álbum auto-intitulado em 1971.
A banda também lançou algumas faixas sob os nomes de "Black Label" e "Rocky Cabbage", mas se desfez no verão de 1971. Grande parte do material publicado pela Majority One, incluindo algumas das faixas lançadas sob os nomes Majority, Black Label e Rocky Cabbage, foi reunida nesta compilação lançado em 2005.

RAINBOW ROCKIN' CHAIR


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Hate

Hate, foi uma banda do Reino Unido de rock progressivo, liderada pelo vocalista Rab Munro, e formada em 1969. Além de Munro (vocal), o grupo incluiu Neil Bruce (órgão, piano, vocal), Lenny Graham (baixo, vocais), Jim Lacey (guitarra) e Alan Pratt (bateria, percussão). 
Munro, dono de uma voz singular, rouca, fazia sucesso em Glasgow, Escócia, no fim dos anos 60, tocando em muitos bares com diversas bandas locais. 
Em 1969, passou a fazer parte da banda "House Of Lords". Nessa banda também tocava o baterista Alan Pratt, acabaram lançando um single, "Land Of Dreams". 
No ano seguinte mudam então seu nome para Hate. Assinam com a Famous Records / Regal Zonophone e com a Paramount nos EUA! Lançam seu álbum, onde a capa e inclusive o nome não batem muito com a proposta da banda, deve-se a isso muito o fracasso do disco. A produção também foi fraca. 
Nos dois anos de existência, “Hate” gravou o único álbum “Hate Kills” e desapareceu para sempre

HATE KILLS


segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

The Eleventh House


The Eleventh House, foi um importante grupo de jazz fusion dos anos 70, liderado pelo guitarrista Larry Coryell. A banda foi formada em 1973 e dissolvida em 1976. O grupo, ao lado de bandas como The Mahavishnu Orchestra , Weather Report e Return to Forever, é considerada uma das pioneiras bandas de jazz dos anos 70. Os membros da banda ao lado de Larry Coryell foram Randy Brecker (trompete), Mike Mandel (teclados), Danny Trifan (baixo) e Alphonse Mouzon na bateria.
Em 1974, Brecker foi substituído pelo trompetista Michael Lawrence e Trifan foi substituído pelo baixista John Lee, depois que o baterista Mouzon deixou a banda em 1975, Gerry Brown o substituiu. Sua última formação, em 1976, viu o trompetista japonês Terumasa Hino substituir Lawrence.
Em 1998, a banda reuniu-se e percorreu todo o mundo até o final de 1999. Naquela época, a banda consistia de Coryell na guitarra, Brecker no trompete, Richard Bona ou Jeff Berlin no baixo e Mouzon na bateria. Em 1999 o membro original John Lee entrou para a banda em algumas ocasiões, assim como o filho de Coryell, Julian Coryell, na segunda guitarra e o trompetista Shunzo Ohno ou Donald Harrison no saxofone substituíram Brecker.
A banda se reuniu novamente em 2015 para alguns shows ao vivo e gravou um álbum de estúdio (Seven Secrets) antes da morte de Coryell em 19 de fevereiro de 2017.
Fonte: Wikipedia (em ingles)

INTRODUCING THE ELEVENTH HOUSE



LEVEL ONE



ASPECTS



AT MONTREUX



JANUARY 1975



SEVEN SECRETS


domingo, 6 de janeiro de 2019

Aum



Aum, foi um trio de rock clássico americano formado no final dos anos 60, eram inspirados pelos power trios "Jimi Hendrix Experience" e "Cream".
Liderado pelo talentoso multi-instrumentista e cantor Wayne Ceballos o grupo era formado pelo baixista Ken Newell e pelo baterista Larry Martin.
Gravaram dois álbuns em 1969, no final de 1970 o grupo se desfez.

BLUESVIBES



RESURRECTION


quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Heavy Christmas

Heavy Christmas, é uma compilação de canções novas e tradicionais de natal com a participação de sete bandas alemãs oriundas do movimento krautrock. Álbum lançado originalmente em 1971 e reeditado em cd em 1997.

HEAVY CHRISTMAS


domingo, 16 de dezembro de 2018

Blues Creation


Blues Creation, foi uma banda de rock japonesa formada em Tóquio em 1969, pelo guitarrista e cantor Kazuo Takeda.
Em outubro de 1969, Blues Creation lançou seu álbum de estreia baseado em covers de blues americanos. Em agosto de 1971, depois de algumas mudanças na formação, saiu o lançamento de seu primeiro álbum de material original, Demon & Eleven Children. No mesmo ano eles também lançaram Carmen Maki & Blues Creation , que teve como vocalista a cantora japonesa Carmen Maki. No final de 1971, Blues Creation lançou seu último álbum, Live. Apos a dissolução do grupo Kazuo Takeda retomou a banda em 1975 com um novo line-up e mudou o nome para apenas Creation.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

THE BLUES CREATION



DEMON & ELEVEN CHILDREN



CARMEN MAKI & BLUES CREATION



BLUES CREATION LIVE


segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Blackfeather


Blackfeather, é um grupo de rock australiano que se formou no começo de 1970. A banda foi inicialmente formada por Leith Corbett no baixo, Mike McCormack na bateria, John Robinson na guitarra e o vocalista Neale Johns. O grupo teve vários line-ups, principalmente liderados pelo cantor/fundador Neale Johns. A banda gravou seu álbum de estréia, "At the Mountains of Madness" em abril de 1971.
Apesar do sucesso inicial, os atritos internos aumentaram e houve mudanças no line-up. Em agosto de 1971, o line-up era Neale, Robinson, Harry Brus no baixo e Steve Webb na bateria. Apos um curto período com esta formação, Johns e Robinson se separaram e cada um liderou sua própria versão de Blackfeather. O ex-gerente do grupo, Peter Conyngham, havia registrado o nome Blackfeather e, portanto, possuía seus direitos. Ele favoreceu o grupo liderado por Johns com Jim Penson na bateria, Warren Ward no baixo, Paul Wylde no piano e Alex "Zac" Zytnick na guitarra. O grupo liderado por Robinson, Brus e Webb ainda tentaram como um trio por um curto período de tempo antes de se desfazerem.
No início de 1972, a banda já com outra formação, com Johns, Ward, Wylde e Greg Sheehan na bateria gravaram ao vivo no Melbourne Town Hall e no Q Club para o segundo álbum do grupo, "Boppin' the Blues".
Wylde saiu no final de 1972, ele foi substituído por dois guitarristas, Lindsay Wells e Tim Piper.
Eles se apresentaram no segundo "Sunbury Pop Festival" em janeiro de 1973, o set foi lançado no ano seguinte como outro álbum ao vivo "Live!". Ainda em 73, Sheehan saiu e o grupo logo se desfez.
Em 1975, Johns retomou a banda com outra formação, mas teve curta duração. Desde então tem retomado a banda para apresentações esporádicas.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

AT THE MOUNTAINS OF MADNESS



LIVE & BOPPIN' THE BLUES


segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

The Poor

The Poor, foi uma banda de rock americana que esteve ativa na década de 1960. A banda se formou a partir dos remanescentes da banda "Soul Survivors", um grupo de rock de garagem de Denver Colorado (não confundir com o grupo da Philadelphia), que havia gravado vários singles em 1965 e 1966.
Allen Kemp, Pat Shanahan e John Day se mudaram para Los Angeles, Califórnia, e quando chegaram, juntaram-se a Randy Meisner e Randy Naylor para formar a banda.
Eles conseguiram assinar um contrato sob a administração de Charlie Green e Brian Stone, que cuidaram de Sonny & Cher e Buffalo Springfield.
Lançaram alguns singles entre 1966/67  porem nenhum de seus discos vendeu muito bem.
Em maio de 1968, o grupo lançou seu ultimo single pela Decca Records, mas também não conseguiu nenhum resultado significativo. O grupo se separou pouco depois.
Todos os singles da banda foram compilados nesta coletânea produzida em 2003.
Fonte: Wikipedia

THE POOR


domingo, 18 de novembro de 2018

The Lovin' Spoonful



The Lovin' Spoonful, é o nome de uma banda pop rock norte-americana, da década de 1960. O nome deriva de uma canção de Mississipi John Hurt, chamada "Coffee Blues". Na primeira metade do ano de 1965, a "invasão britânica" sobre a música americana estava no seu auge e o Lovin' Spoonful foi uma parte da resposta americana.
Em 1964, Mama Cass Elliot, Denny Doherty, Zal Yanovsky e Jim Hendricks (não confundir com Jimi Hendrix) fundaram a banda "The Mugwumps". Um ano depois o guitarrista Zal Yanovsky se juntou ao vocalista John Sebastian, ao baixista Steve Boone e ao baterista Joe Butler para formar o Lovin' Spoonful.

Alguns detalhes, como tocar a guitarra usando quatro paletas de banjo, verdadeiros dedais de metal, colocados no polegar e nos três dedos seguintes, ajudaram o Spoonful a criar uma sonoridade própria. A combinação dos melhores elementos do folk com o rock, aliada a toques da country music, fizeram com que, num espaço de quatro anos, o Lovin' Spoonful lançasse cinco álbuns que marcaram a época.
Com o sucesso do quarteto, parte da imprensa tentou vendê-la como a resposta americana para os Beatles. Independentemente disso, a banda se tornou uma das pioneiras a se apresentarem regularmente nos campi das universidades americanas, além de produzir trilhas sonoras para os filmes "What's Up Tiger Lily?" de Woody Allen e "You're a Big Boy Now" de Francis Ford Coppola.

No ano de 1967, Zal Yanosvsky foi preso por portar maconha. Sendo canadense, ele foi ameaçado de deportação até entregar seu fornecedor. Quando a notícia se espalhou, Zal ficou mal-visto pelo público jovem e acabou sentindo-se obrigado a deixar a banda.

Jerry Yester, membro do Modern Folk Quartet e antigo amigo da banda, entrou em seu lugar, para participar do mais ambicioso projeto da banda, o disco Everything Playing. Foi a primeira vez que uma banda de rock utilizou um gravador de 16 canais.

Em Junho de 1968, foi a vez de John Sebastian deixar o grupo. O trio restante iniciou as gravações do que se tornaria o último sucesso da banda, "Never Goin' Back", música que contou com a participação especial de Red Rhodes tocando pedal steel guitar. Percebendo que os tempos tinham mudado, como também as tendências do mercado, os três resolveram seguir caminhos diferentes.

Em 1991, após um acerto com a gravadora, Joe e Steve contactaram Jerry e retomaram a banda. Ensaiando por dois meses, voltaram a excursionar, dessa vez de forma mais ambiciosa, tocando em mais de 150 cidades de todo o mundo. Em 1999 eles lançaram o primeiro álbum em três décadas, o razoável Live At The Hotel Seville, uma gravação ao vivo com vários dos grandes sucessos.
Fonte: Wikipedia

DO YOU BELIEVE IN MAGIC



DAYDREAM



WHAT'S UP, TIGER LILY? & YOU'RE A BIG BOY NOW



HUMS OF THE LOVIN' SPOONFUL



EVERYTHING PLAYING



REVELATION: REVOLUTION '69


domingo, 11 de novembro de 2018

The Smoke

The Smoke, foi uma banda de estúdio criada pelo compositor e musico Michael Lloyd que lançou apenas este álbum que apareceu misteriosamente em 1968.
O álbum foi criado enquanto Lloyd estava tocando com a "West Coast Pop Art Experimental Band". 

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Julian's Treatment


Julian's Treatment, foi um projeto musical idealizado por Julian Savinin, que nasceu em Dominica e se mudou para a Grã-Bretanha no início dos anos sessenta. Ele ficou impressionado com a cena musical de Londres e decidiu formar sua própria banda para começar suas idéias sobre uma trilogia de ficção científica em que ele estava trabalhando. Ele começou a ensaiar com John Dover (baixo), Del Watkins (guitarra), Jack Drummond (bateria) e Cathy Pruden (vocal). Em junho de 1970, o selo Youngblood lançou seu primeiro álbum "A Time Before This". Mas devido a problemas de gestão, promoção e dinheiro, a banda teve que se extinguir. Julian voltou a escrever, concentrando-se na segunda parte de sua trilogia que ele tinha em mente. Dois anos depois, Julian foi abordado pela Birth Records para fazer um novo álbum. Apenas o baixista John Dover veio do antigo line-up, outros músicos da nova banda foram Nigel Jenkins (guitarra), Roger Odell (bateria) e Jo Meek (vocal). Em 1973 saiu o segundo álbum "Waiters On The Dance", creditado por Julian J. Savarin. Mais uma vez, houve uma total falta de promoção e exposição o que acarretou novamente no fim do projeto musical.
Fonte: https://murodoclassicrock4.blogspot.com/2013/09/julians-treatment-discografia.html


A TIME BEFORE THIS



WAITERS ON THE DANCE