COLEÇÃO MESTRES DO BLUES

- Não haverá postagens o tempo todo, serão feitas na medida do possível.

- O blog é contra a pirataria, todos os links são tirados da internet. Gostou do álbum? Se possível , compre!

- Atenção: não peça sertanejo, pagode, hip hop, etc...a minha inteligência agradece.

- Aproveite para deixar seu comentário e caso tenha alguma sugestão de álbum ou artista terei o enorme prazer em pesquisar e postar.







Total de visualizações de página

domingo, 17 de junho de 2018

Psychedelia: A 50 Year Trip

Psychedelia: A 50 Year Trip, é uma compilação de 32 faixas em dois discos da gravadora Rhino UK, com participação de bandas como The Velvet Underground, Love, The Yardbirds, The Move, Buffalo Springfield, Van Morrison, The Electric Prunes entre outras.

PSYCHEDELIA: A 50 YEAR TRIP



sexta-feira, 8 de junho de 2018

Irish Coffee



Irish Coffee, é uma banda de hard rock belga, que oficialmente começou a tocar em 1970. A origem do Irish Coffee remonta a outra banda chamada The VooDoo, que foi formada nos anos 70. No inicio eles tocavam apenas covers de bandas como Deep Purple , Led Zeppelin, The Who e The Kinks.
Após conheceram Louis de Vries, empresario do grupo The Pebbles, assinaram um contrato e mudaram o nome da banda para para Irish Coffee.
A banda na época era composta pelo guitarrista e cantor William Souffreau, o guitarrista Jean Van Der Schueren, o baixista Willy De Bisschop, o tecladista Paul Lambert e o baterista Hugo Verhoye. 
Em 1971, o álbum auto-intitulado da banda foi lançado e o grupo passou a fazer tantos shows que Hugo Verhoye decidiu sair, sendo substituído por Raf Lenssens antes da música "Down Down Down" ser lançada como single no final do ano. Na primavera de 1973, Jean Van Der Schueren deixou a banda para continuar seus estudos de guitarra clássica sendo substituído por Luc De Clus.
Junto com seu envolvimento com a Irish Coffee, Lenssens, Lambert, De Bisschop e De Clus também apoiaram o cantor Wim De Craene, e ao voltar de um dos shows de De Craene em novembro de 1974, eles sofreram um acidente de carro. Paul Lambert morreu e Lenssens ficou gravemente ferido, resultando no fim da banda.
Em 1975, a banda juntou os cacos e tentou refundar a banda mudando seu nome para Joystick com a adição do novo tecladista Luc Coppens, mas essa nova configuração não lançou nenhum álbum e acabou no mesmo ano. Algumas canções da Joystick foram incluídos no álbum Irish Coffee II que foi lançado em 2004.
No inicio de 1992 a banda votou a ativa novamente fazendo muitos shows, no qual resultou num álbum "ao vivo" lançado em 2008.
O grupo começou a gravar novamente em 2010 e está ativo desde então. A banda gravou dois novos álbuns: Revisited em 2013 e When the Owl Cries em 2015.
Fonte: Wikipedia (em ingles)

IRISH COFFEE



IRISH COFFEE II



LIVE



REVISITED



WHEN THE OWL CRIES


segunda-feira, 4 de junho de 2018

Octopus

Octopus, foi uma banda de rock psicodélico/progressivo formada no final dos anos 60. Infelizmente há poucas informações sobre a banda. Lançaram apenas um álbum em 1969.
Fonte: http://venenosdorock.blogspot.com.br/2012/04/octopus-octopus-1969-psych-folk-blues.html

OCTOPUS


sexta-feira, 25 de maio de 2018

Green Bullfrog

Green Bullfrog, é um álbum de rock gravado por uma banda formada pelo produtor Derek Lawrence, que teve a ideia de convidar e reunir um grupo de músicos com quem trabalhou nos anos 60.
A maior parte do álbum foi gravada em duas sessões no De Lane Lea Studios , em Londres em 1970. Foi originalmente lançado em 1971, com reedições em 1980 e 1991.
Por razões contratuais, o álbum original listou pseudônimos nos créditos, o que levou a especulações sobre quem realmente tocava no disco. Os músicos foram eventualmente confirmados incluindo Ritchie Blackmore e Ian Paice do Deep Purple, Matthew Fisher do Procol Harum e os guitarristas Albert Lee e Big Jim Sullivan.
Fonte: Wikipedia


The Green Bullfrog Sessions


sexta-feira, 18 de maio de 2018

Tiffany Shade

Tiffany Shade, foi uma banda americana de rock psicodélico formada em 1966. Formada pelo tecladista Bob Leonard, o guitarrista/vocalista Michael Barnes, pelo baterista Tom Schuster e pelo baixista Robb Clarke Murphy, o grupo gravou um único álbum em 1967.
Sem apoio da gravadora a banda se desfez no final de 1968.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

THE TIFFANY SHADE


sexta-feira, 4 de maio de 2018

Kensington Market


Kensington Market, foi uma banda de rock canadense formada em meados de 1967. Nomeada em homenagem a um bairro de Toronto, foi formada pelo cantor/compositor e guitarrista Keith McKie e pelo guitarrista e pianista Gene Martynec. A formação original foi completada com o baixista Alex Darou e o baterista Jimmy Watson. Mais tarde o vocalista Luke Gibson foi acrescentado a banda juntamente com o tecladista John Mills-Cockell.
Em 1969 o grupo se separou.
Fonte: Wikipedia (em ingles)

AVENUE ROAD




AARDVARK


sexta-feira, 20 de abril de 2018

Canterbury Fair

Canterbury Fair, foi uma banda de rock americana ativa entre 1967 e 1969. Formada inicialmente por John Hollingsworth (teclado/vocal), Philip Hollingsworth (baixo/vocal), James Holley (bateria/vocal) e Cheryl Churchman (vocal), a única coisa sobre essa banda é que ninguém tocou guitarra na banda, todo o som foi baseado em torno do órgão como instrumento principal junto com a bateria, baixo e vocais.
Eles gravaram várias músicas no final dos anos 60, mas nenhuma foi oficialmente lançada até que a gravadora "Sundazed" lançou um CD de seu material em 1999.

CANTERBURY FAIR


sexta-feira, 13 de abril de 2018

Sabattis

Sabattis, foi uma banda de rock americana formada por 4 jovens universitários provavelmente no final dos anos 60, já que ha pouca informação sobre o grupo.
A banda era formada por Jim Martin (guitarra/vocal), Rocky Raler (baixo), Gary Culotta (teclado/vocal) e Larry Wegman (bateria) e esteve ativa por 3 anos.
Gravaram seu único álbum em 1970 num porão e foi produzido pelos próprios músicos. O álbum porem esperou por 41 anos para ser lançado, até que foi digitalizado a partir das fitas master originais e lançado em CD em 2011

WARNING IN THE SKY


segunda-feira, 9 de abril de 2018

The Beacon Street Union


The Beacon Street Union, foi uma banda americana de rock psicodélico formada no final dos anos 1960, batizada em homenagem a uma rua em Boston.
A banda era composta por estudantes da Universidade de Boston, o vocalista John Lincoln Wright, o guitarrista/vocalista Paul Tartachny, o baixista/vocalista Wayne Ulaky, o tecladista Robert Rhodes e o baterista Richard Weisberg.
A banda fez pouco sucesso nacional, seu primeiro álbum ficou no número 75 em 4 de maio de 1968. A banda se mudou para Nova York e gravou seu segundo álbum,que também não teve um relativo sucesso. Em 12 de agosto de 1970, o grupo abriu para Janis Joplin no Harvard Stadium, que foi sua última apresentação pública antes de sua morte. Ainda em 1970, a banda gravou seu último single "Lord Why Is It Hard" / "Can't Find My Fingers", logo apos o grupo se reformulou e mudou o nome para Eagle.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

THE EYES OF THE BEACON STREET UNION



THE CLOWN DIED IN MARVIN GARDENS


sexta-feira, 30 de março de 2018

The Underdogs


The Underdogs, foi uma banda de rock/blues da Nova Zelândia originalmente criada em 1964 pelo fanático por blues Archie Bowie e pelo guitarrista Harvey Mann.
Apos a invasão britânica de R & B, liderada por artistas como The Yardbirds, John Mayall e The Rolling Stones, o grupo logo ganhou força e a Nova Zelândia rapidamente se tornou um reduto do estilo britânico de R & B.
Divisões musicais dentro do grupo começaram a surgir, levando o líder do grupo e guitarrista Harvey Mann a tomar medidas drásticas para garantir que sua banda viajasse juntos na mesma direção.
Depois que a poeira baixou, surgiu uma nova encarnação da Underdogs que se tornaria a mais duradoura e mais conhecida formação, com os membros originais Harvey Mann (guitarra) e Neil Edwards (baixo) agora acompanhados por Murray Grindlay (vocal), Lou Rawnsley (guitarra rítmica) e Tony Walton (bateria).
Apos mais algumas mudanças no line-up e agora como quarteto, a banda lançou no final de 1967 o seu álbum de estréia. Pouco depois, o grupo se separou. 
Apos um tempo separados, Murray e Harvey reformaram os Underdogs em abril de 1968. Após o lançamento de um single no final de 1969 o grupo se desfez novamente.
Harvey Mann e Neil Edwards se reuniram com Glen Absolum na bateria em 1970 e mais uma vez reformaram o grupo. Eles lançaram o segundo álbum em 1971 antes de finalmente se separarem para sempre.

THE UNDERDOGS BLUES BAND



WASTING OUR TIME


sábado, 17 de março de 2018

Isaiah

Isaiah, foi uma banda de rock austríaca formada em 1971 que mesclava progressivo com elementos de jazz e blues.
Lançaram apenas um álbum em 1975. Dirigido pela voz carismática do flautista e guitarrista Gert Raabe, a banda era considerada como uma das mais versáteis da Áustria na década de 1970, muitas vezes comparada a Jethro Tull e ELP. 
Eles se dissolveram em 1977 depois que seu segundo álbum foi recusado pela gravadora.

ISAIAH


sexta-feira, 2 de março de 2018

Bohemian Vendetta

Bohemian Vendetta, foi uma banda de garagem psicodélica americana formada em 1966. Gravaram dois singles que foram lançados oficialmente e várias gravações que ficaram arquivadas, alem de um álbum auto-intitulado Bohemian Vendetta, lançado em 1968.
Sua formação original consistiu em Arthur Muglia (também conhecido como Brian Cooke) no vocal e órgão, seu primo Victor Muglia no baixo, Randy Pollock na guitarra base, Richard Martinez na guitarra solo e Richie Sorrento na bateria. 
Sem o esperado apoio da gravadora para promover o álbum o resultando das vendas foram decepcionantes. No final de 1968 a banda acabou.
Em 1998 foi lançado o trabalho completo da banda, incluindo seu álbum de 1968 e todos os seus acetatos.
Fonte: Wikipedia (em inglês)

BOHEMIAN VENDETTA


sábado, 24 de fevereiro de 2018

Apollo

Apollo, foi uma banda finlandesa formada em 1969 e composta por Harri Saksala "(vocal, acordeão, harmônica), Eero Lupari (guitarra), Heimo Holopainen (baixo) e Edward Vesala ( bateria, percussão). Gravaram apenas um álbum em maio de 1970 e reeditado em CD pela Warner Finland em 2002.

APOLLO


sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Agape



Agape, foi uma das primeiras bandas de hard rock americana de música Cristã, formada no final de 1968 por Fred Caban (guitarra/vocal), John Peckhart (baixo) e Mike Jungkman (bateria).
Em 1971 lançaram o primeiro álbum com uma pegada hard rock, já no ano seguinte a banda adicionou o tecladista Jim Hess e lançou "Víctims of Tradition", com uma abordagem mais progressiva.
O grupo se dissolveu apos um concerto de despedida no final de 1974.


GOSPEL HARD ROCK



VICTIMS OF TRADITION



THE PROBLEM IS SIN LIVE AND UNREELEASED


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Ashton, Gardner and Dyke



Ashton, Gardner and Dyke. foi um trio de rock formado em 1968 por Tony Ashton (tecladista/vocalista), Roy Dyke (baterista) e pelo baixista Kim Gardner. Mick Liber tocou guitarra com o grupo.
Em 1969 eles lançaram dois singles "Maiden Voyage" e "See The Sun In My Eyes" pela Polydor Records, porem não tiveram nenhum reconhecimento.
Já em 1971 com a musica "Ressurrection Shuffle" do álbum "The Worst of Ashton, Gardner & Dyke" eles alcançaram um grande sucesso, o que acabou lhes rendendo a fama de "one-hit wonders".
A última gravação do trio foi uma colaboração com Jon Lord na trilha sonora de um filme B, The Last Rebel em 1971.
Em 1972 a banda se separou.
No ano de 2002 foi lançado o álbum ao vivo Let It Roll gravado em 1971.
Fonte: Wikipedia
ASHTON, GARDNER AND DYKE



THE WORST OF ASHTON, GARDNER AND DYKE



WHAT A BLOODY LONG DAY IT'S BEEN



THE LAST REBEL



LET IT ROLL LIVE 1971


sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

The Doors

ESPECIAL 50 ANOS

THE DOORS


The Doors, foi uma banda de rock psicodélico norte-americana formada em 1965 em Los Angeles, na Califórnia. O grupo era composto por Jim Morrison (voz), Ray Manzarek (teclados), Robby Krieger (guitarra) e John Densmore (bateria). A banda recebeu influências de diferentes estilos musicais, como o country e folk.

Canções como "Break on Through (To the Other Side)", "Light My Fire", "People Are Strange" ou "Riders on the Storm", aliadas à personalidade e escândalos grandiosos protagonizados por Jim Morrison, contribuíram de sobremaneira para o aumento da fama do grupo.

Após a dissolução da banda no início da década de 1970, e especialmente desde a morte de Morrison em 1971, o interesse nas músicas dos Doors se manteve elevado, ultrapassando mesmo, por vezes, o que o grupo teve enquanto esteve ativo. Em todo o mundo, os seus discos já venderam mais de 100 milhões de cópias e de seus DVDs 5 milhões, e continuam a vender cerca de 2,5 milhões anualmente.
Fonte: Wikipedia

Doors e eu: Foi num longínquo ano de 1991, em algum momento de um domingo de um mês qualquer que, enclausurado dentro de um quartel militar, ouvi pela primeira vez os acordes de uma musica que mudaria a minha vida.
Break on Through foi como uma bomba atômica explodindo em meu cérebro, destruindo cada pedaço de mim letargicamente. Naquele instante nascia um novo eu.
Passei a entender que a musica ia alem de um jogo de palavras e algumas melodias. The Doors me mostrou algo muito maior e mais belo, muito mais sutil e caótico, um mundo poético e selvagem. Minha alma respirava aliviada a cada canção, já não era mais possível me abster deles.
Ainda hoje, mesmo apos tantos anos, todas as vezes que escuto-os a sensação é a mesma daquele estranho domingo de 1991.
Foi assim, com a ajuda de 2 grandes amigos, Chico Santana & Renato Sanches que me proporcionaram conhecer a banda mais profundamente, que desde então The Doors deixou de ser uma banda de rock para se tornar parte da minha existência.

BOAS FESTAS E UM ÓTIMO 2.018 PARA TODOS NÓS! 


THE DOORS



STRANGE DAYS



WAITING FOR THE SUN



THE SOFT PARADE



MORRISON HOTEL



L.A. WOMAN



OTHER VOICES



FULL CIRCLE



AN AMERICAN PRAYER



BOX SET DISCO 1



BOX SET DISCO 2



BOX SET DISCO 3



BOX SET DISCO 4



GREATEST HITS



THE VERY BEST OF THE DOORS




BUILD ME A WOMAN



LIQUID NIGHT



THE PLATINUM COLLECTION



BRIGHT MIDNIGHT LIVE IN AMERICA



APOCALYSE NOW



LIVE AT THE ARAGON BALLROOM CHICAGO 1972



THE DOORS ORIGINAL SOUNDTRACK



ALIVE SHE CRIED



ISLE OF WIGHT FESTIVAL



LIVE IN PITTSBURGH 1970



WINTERLAND SAN FRANCISCO



BLUES BEFORE SUNRISE



DANBURY HIGH SCHOOL AUDITORIUM



LIVE AT THE HOLLYWOOD BOWL



JIM'S ALIVE



IN CONCERT




IN CONCERT



KONSERTHUSET STOCKHOLM



LIVE IN DETROIT




LIVE AT THE AQUARIUS THEATRE




LIVE AT THE MATRIX




BACKSTAGE AND DANGEROUS




LIVE IN BOSTON 1970





ABSOLUTELY LIVE



THE DOORS



STRANGE DAYS



WAITING FOR THE SUN



THE SOFT PARADE



MORRISON HOTEL



MORRISON HOTEL




BOOT YER BUTT! DISCO 1



BOOT YER BUTT! DISCO 2



BOOT YER BUTT! DISCO 3



BOOT YER BUTT! DISCO 4



ANTHOLOGY 1965-1967



ANTHOLOGY 1967-1968



ANTHOLOGY 1968-1969



ANTHOLOGY 1969



ANTHOLOGY 1970



ANTHOLOGY 1970



ANTHOLOGY 1970



ANTHOLOGY 1970-1972



WHEN YOU'RE STRANGE



NO FUTURE



WEIRD SCENES INSIDE THE GOLDMINE




FEEL THE BLUES



THE LOST PARIS TAPES



MYSTIC MAN



ONE HUNDRED MINUTES




THE COMPLETE MATRIX CLUP TAPES BOX




THE COMPLETE MATRIX CLUP TAPES BOX




LONDON FOG



THE LOST INTERVIEW TAPES VOL. 1



THE LOST INTERVIEW TAPES VOL. 2



LIVE IN HOLLYWOOD



LIVE DALLAS 1970




THE SINGLES




CLASSIC ROCK SALUTE TO THE DOORS



A PSYCH TRIBUTE TO THE DOORS



NIGHT DIVIDES THE DAY 



STONED IMMACULATE



THE DOORS CONCERTO



REMIXED AND READY



BABIES GO THE DOORS



INFECTED MUSHROOM



THE MANY FACES OF THE DOORS





LIVE NEW YORK



LIVE NEW YORK




LIVE NEW YORK



LIVE NEW YORK



LIVE NEW YORK



LIVE AT THE BOWL '68



LEGACY THE ABSOLUTE BEST




LIVE IN VANCOUVER




NO ONE HERE GETS OUT ALIVE



NO ONE HERE GETS OUT ALIVE



NO ONE HERE GETS OUT ALIVE



NO ONE HERE GETS OUT ALIVE



THE DOORS (50TH ANNIVERSARY)