COLEÇÃO MESTRES DO BLUES

- Não haverá postagens o tempo todo, serão feitas na medida do possível.

- O blog é contra a pirataria, todos os links são tirados da internet. Gostou do álbum? Se possível , compre!

- Atenção: não peça sertanejo, pagode, hip hop, etc...a minha inteligência agradece.

- Aproveite para deixar seu comentário e caso tenha alguma sugestão de álbum ou artista terei o enorme prazer em pesquisar e postar.







Total de visualizações de página

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Os Novos Baianos



Os Novos Baianos, foi um conjunto musical brasileiro, nascido na Bahia, ativo entre os anos de 1969 e 1979. A origem do nome surgiu em decorrência a uma apresentação na Rede Record, quando ainda sem nome definido para o grupo, o coordenador do festival, Marcos Antônio Riso gritou "Chama aí esses novos baianos!".
No ano de 1970 sai o primeiro long play, titulado de É Ferro na Boneca, mas, o número de cópias vendidas do disco não foi tão extensa.
Em 1971, gravaram o segundo compacto simples, "Volta que o Mundo dá", e recebem a visita de João Gilberto, que viria a influenciá-los com o samba. Após a grande fusão de gêneros brasileiros, sugerida por João Gilberto, e a guitarra de Pepeu Gomes, surgiu o mais consistente e lembrado disco do grupo, Acabou Chorare, considerado o melhor álbum brasileiro da história segundo a revista Rolling Stone.
Após mais 2 álbuns sem grande repercussão, o grupo se desentende com a gravadora. A crise começou, Moraes Moreira, principal letrista da banda resolveu partir para a carreira solo.
Em 1977, lançam o álbum Praga de Baiano, já enfraquecidos pelo processo inicial das carreiras solo de Paulinho, Pepeu e Baby. 
Em 1978, lançam o último trabalho, Farol da Barra e no ano seguinte o grupo encerra suas atividades.
Fonte: Wikipédia

É FERRO NA BONECA


ACABOU CHORARE


NOVOS BAIANOS F.C./NOVOS BAIANOS


VAMOS PRO MUNDO


CAIA NA ESTRADA E PERIGAS VER


PRAGA DE BAIANO


FAROL DA BARRA


INFINITO CIRCULAR

2 comentários: